Progresso e gramática.

Em acrescento ao meu artigo do Público, aqui vos deixo a base de dados que deu origem à infografia. É de acesso público, como devia ser, segundo a lei, toda a informação de fonte pública. A fonte que usei foi a página da Associação Nacional de Municípios Portugueses, com dados de 2009.

O ngl.com foi hackado por piratas kuwaitianos, coisa a que já me devia ter habituado mas que me custa sempre um pouco. Entretanto, aproveito para arejar a casa e experimentar novos templates. Obrigado ao Pedro pela ajuda nas limpezas. Pfff! Piratas kuwaitianos outra vez!, onde já se viu.

É aqui que vou estar dia 15, pelas 21h21:338001_204278046309324_183904525013343_482226_846376084_o

Juntamente com o Nuno O, dei azo às minhas ânsias ferroviárias criando a Petição Comboios Expresso para Guimarães. Queremos uma Linha de Guimarães a funcionar devidamente: para já exigimos a redução do tempo de viagem dos atuais 75 minutos para 50 minutos; no futuro poderemos exigir comboios de Alta Velocidade entre Ermesinde e Vizela ou o propalado “teletransporte Penha – São Bento”. Tudo é possível. Basta acreditar.

A petição no peticaopublica.com, no tuíta e no facebook. Divulguem. A malta agradece.

Faço parte da direção do Cineclube Octopus, na Póvoa de Varzim. Dedicamo-nos à projeção de cinema alternativo. Os nossos custos são suportados pela Câmara Municipal, pela bilheteira e pela quotização de sócios. Temos Assembleia Anual no sábado. Começa às 17h.

Sou membro fundador da Associação de Cidadãos do Porto. O que fiz até agora não foi mais do que ligar e desligar uma câmara de filmar nos dois dias do Cidades Pela Retoma. E dar apoio moral. Nunca paguei quotas.

Sou associado da Comboios XXI, uma associação de utentes de caminho-de-ferro. Pago as quotas mas raramente ando de comboio. Só de metro. Às vezes publico no blogue.

Faço parte da Comissão Coordenadora do Movimento Partido do Norte. Já temos sede e estamos a criar núcleos por toda a região (e fora dela, mesmo fora do país). A nossa principal atividade atual é a recolha de assinaturas, de modo a formalizar o Partido. Move-nos, dentro do domínio nacional, o interesse da Região do Norte. Queremos ser eleitos para a Assembleia da República e dar de novo voz à Região. Comecei a colaborar com o Movimento há pouco tempo. Até agora participei numa reunião e revi alguns documentos.

Estou a organizar, juntamente com o Afonso Pimenta e o Estaleiro Cultural Velha-a-Branca, o reinício da Conversa no Tanque. A primeira sessão é esta quinta, às 21h45, onde conversarei com Álvaro Domingues.

Quero criar uma ONGA ou associação ou empresa que faça consultoria na área do desenvolvimento sustentável, transportes e urbanismo. Quero mesmo mudar o mundo. Gostava era de ser pago por isso.

Dirigido diretamente aos leitores que me escrevem incontáveis emails e me mandam cartas dizendo nada mais do que Nuno, és o maior, o teu blogue é o maior, bacano, bonzão, etc., aqui deixo outras moradas para me encontrarem:

.
.
Twitter. É aqui que me assassino diariamente, com direito a fitas e confetis. Estão todos convidados.
.
.
Coisar. Pedaços de uma coisa que algum dia tomará forma. É muito Gestalttheorie. Ou então é ao contrário. Já não sei.
.
.
Flickr. É o meu armazém de infografias. Também lá cabem fotos do Google earth e tricas do dia-a-dia.
.
.
O meu correio-e é o aulasdeviolino arroba gmail.com. Um saúdo a todos.

* A mais maravilhosa lista de prémios e concursos literários volta a ser atualizada.

* E aí estão (finalmente, finalmente) os novos veículos da Metro do Porto. Ainda não é para já que se comprova a validade da opção tram-train para os percursos suburbanos (só em Fevereiro os tram-train substituirão totalmente os outros veículos na Linha da Póvoa, mantendo para já os mesmos horários), mas já dará para contar com maior conforto, mais espaço disponível (23.000 lugares extra por dia) e um veículo um pouco mais ecológico (recupera parte da energia nas travagens). Espera-se que em Fevereiro se cumpra a promessa das ligações Expresso Póvoa-Trindade em meia-hora.

metro-3786

Ligações aqui e aqui.

* Concordo com estes senhores quando dizem que a nova ponte da Alta Velocidade deverá ser construída entre as Devesas e a Boavista, paralela à Ponte da Arrábida (ao invés da prevista reformulação da Ponte de São João / nova ponte paralela a esta), servindo também para a segunda linha de metro para Gaia. O comboio, seja ele qual for, deve cruzar o centro das cidades, e não o que se vai planeando por aí.

Curioso é que os dois professores da FEUP discordam quanto à melhor localização de uma ponte para o TGV – Pinho é defensor de uma ponte paralela ao Freixo; Fonseca de uma travessia na zona da Restauração – mas concordam ao considerar que o TGV pela S. João vai prejudicar o trânsito ferroviário suburbano e o Alfa Pendular. “Os comboios de velocidade mais elevada sacrificam tudo o resto”, disse Adão da Fonseca.O presidente da Câmara de Gaia alinha com este catedrático da FEUP no princípio de que o TGV deve servir o centro das cidades, subscrevendo a ideia de uma ponte pela zona do Palácio de Cristal.

Dá-se hoje início à votação do Título do Ano, referente ao período 2008/2009. Os votos deverão colocados na barra lateral. O design é da Alice, pois claro.

titulo-do-ano

* Morreu Isabel Alves Costa. E não foi Rui Rio que ganhou, mas todos nós que perdemos.

(aqui em gravação áudio, no inner city; aqui as Comédias do Minho, de cuja comissão artística fazia parte)

* Este blogue e respetivo autor irão entrar em hibernação durante as próximas horas, para apenas verem a luz do dia algures pelo fim do mês. Até lá poderão ser encontrados por aqui.