Progresso e gramática.

A bicicleta mudou a forma como eles encaram a cidade

Nas ruas do Porto, vêem-se cada vez mais ciclistas. Não é apenas por ser Verão, quem usa este meio de transporte diz que o número de pessoas que escolhe a bicicleta para se locomover na cidade está a aumentar.

Nuno Lopes, que vive na Póvoa de Varzim mas se desloca ao Porto frequentemente conjugando o metro e a bicicleta, diz que muitas pessoas ficam “espantadas” por utilizar este meio de transporte. “Eu percebo o espanto, não percebo é pessoas que tentam me convencer a não andar”, diz o arquitecto.

O resto da reportagem no Sapo Notícias.

Aí estou eu na RTV, falando sobre a tentativa da CP de encerrar o Porto-Vigo. Sobre este e outros temas ferroviários tive o prazer de partilhar a mesa do Majará com Álvaro Costa, da FEUP, e Miguel Ângelo Pinto. Falámos do presente e do futuro da ferrovia, em tempos tão assustadores quanto estes. A francesinha, no entanto, não era má.

(fonte)