Progresso e gramática.

No Diário de Coimbra, via maquinistas:

O projecto da Metro Mondego não vai avançar e a ligação ferroviária entre Lousã e Coimbra será reposta. A garantia foi dada ontem pelo ministro da Economia, numa reunião da Comissão Parlamentar de Economia e Obras Públicas sobre Transportes.

Álvaro Santos Pereira foi taxativo não só na confirmação de que o projecto não avançará nos moldes em que foi concebido mas também nas críticas a todo o processo